5 vantagens do empreendedorismo em época de crise

  Uma oportunidade de investimento é tentadora e costuma martelar a cabeça de pessoas que estão sempre em busca de inovação. No entanto, quando o macroambiente não é favorável, impulsionado pelos problemas econômicos que o Brasil enfrenta, o receio cresce e o empreendedorismo acaba sendo deixado de lado. Em momentos de crise, empreender é uma alternativa, desde que […]

 

5 vantagens do empreendedorismo em época de crise

Uma oportunidade de investimento é tentadora e costuma martelar a cabeça de pessoas que estão sempre em busca de inovação. No entanto, quando o macroambiente não é favorável, impulsionado pelos problemas econômicos que o Brasil enfrenta, o receio cresce e o empreendedorismo acaba sendo deixado de lado.

Em momentos de crise, empreender é uma alternativa, desde que o projeto seja bem planejado. O empreendedor também precisa estar preparado para enfrentar as dificuldades que podem surgir no meio do caminho e saber aproveitar as vantagens de abrir o próprio negócio.

Veja as cinco principais vantagens do empreendedorismo em época de crise:

1 – Poder investir em algo que a população precisa

O primeiro passo é observar as necessidades e oportunidades que o mercado oferece. Isto é, pensar em um serviço que seja necessário e talvez ninguém ainda tenha pensado nele como uma solução. Isso acontece, principalmente, no caso de aplicativos. Todos os dias surgem novos e que acabam se mostrando eficazes no que se propõem e acabam tornado-se imprescindíveis para os usuários. Fazendo isso, seu investimento pode ser lucrativo para você e para a sociedade.

A própria dificuldade financeira é um problema constante para a grande maioria dos brasileiros. Já pensou em como é possível ajudar essa parcela da sociedade? Comece agora mesmo. Quem sabe uma boa ideia pode surgir de suas reflexões, não é mesmo? Se funcionar, a realização será pessoal e social, tornando o projeto ainda mais impactante.

2 – Ter autonomia e liberdade para tomar decisões

Trabalhar para outras empresas sujeita os funcionários a seguir regras e valores que nem sempre condizem com seus ideais. Ao abrir o próprio negócio, o empreendedor tem a chance de tomar suas próprias decisões e seguir pelo trajeto desejado, com autonomia e total liberdade de escolha.

 

3 – Fazer o que gosta do jeito que achar mais conveniente

O trabalho é penoso quando é feito contra a vontade, sem paixão. Isso acontece com muitos funcionários de empresas privadas que não estão mais satisfeitos com o sistema atual ou com a área que escolheram para atuar. É neste momento que o empreendedorismo pode ser uma saída. Se você tiver um projeto em mente, pode ser a hora de começar a planejá-lo.

Só tome cuidado para não se empolgar e pular as etapas necessárias para a implantação segura de seu negócio. Faça pesquisas, avalie todas as possibilidades e veja se o mercado está ou não saturado pelo produto/serviço que deseja criar/oferecer. Planejamento é fundamental para qualquer projeto, seja ele pequeno, médio ou grande.

4 – Ter horários flexíveis

Cada pessoa tem um período do dia que trabalha melhor. Uns preferem colocar a mão na massa de manhã, outros á tarde e uma boa parcela tem mais disposição à noite. Se você pretende abrir um negócio, terá a chance de escolher seus horários para trabalhar. Porém, tenha em mente que o projeto exige dedicação integral para dar certo. Não adianta pensar que terá mais tempo só porque não precisa cumprir a carga horária de uma empresa privada. Para alcançar os resultados, a organização do tempo e o comprometimento devem falar mais alto.

5 – MEI

Ser um Micro Empreendedor Individual é uma saída para quem busca mais facilidade na abertura de um novo negócio e não tem estrutura financeira para gerenciar os altos custos das pequenas, médias e grandes empresas.

Segundo a pesquisa Endeavor (Empreendedores Brasileiros: Perfis e Percepções 2013), no Brasil, 81% dos empreendedores atuam como micro, sendo 46% no comércio, 41% no setor de serviços e 13% nas indústrias. Como pode ver, existe um mercado imenso para trabalhar, com possibilidades em todos os setores. Não desista de seus projetos antes de começar!

Para saber mais sobre MEI, consulte o site do Sebrae.

Empreendedorismo tem desvantagens?

É claro que nem tudo são flores e alguns obstáculos vão surgir em seu caminho. Empreendedorismo pode gerar desconfortos para o empreendedor, como a insegurança financeira, ansiedade, falta de mão de obra especializada e o desafio diário de ter de lidar com os riscos de novo negócio.

Uma agência de comunicação e assessoria de imprensa pode ajudar o empresário a cuidar da imagem da empresa e ainda fornecer uma equipe dedicada a cada etapa do projeto, envolvendo conteúdo, redes sociais, mídias digitais e ferramentas que auxiliam a execução do trabalho.

Tem algum projeto iniciado, mas precisa de consultoria, assessoria e serviços de marketing digital? Entre em contato com a gente!

Fonte: http://www.agenciabowie.com.br

Deixe uma resposta